Santuário Das Lajes

A altura do templo, desde a tua apoio até a torre é de cem metros, e a ponte mede cinquenta metros de altura por dezessete metros de largura e vinte metros de comprimento. O edifício principal mede 27.50 m. de comprimento por quinze m. de largura.

No interior, as três naves são cobertas com abóbadas de cruzaria. Tem mosaicos em fibra de vidro e no seu dia, a sua iluminação da luz que é filtrada pelos vitrais feitos pelo Alemão Walter Wolf.

O plano de fundo ou abside da basílica de três naves é o muro de pedra natural do canhão e pela nave central destaca-se a imagem da Virgem do Rosário pintada por um autor inexplorado, numa laje de pedra. No exterior mostram-se 3 torres que terminam em agulhas decorados com grumos e folhas; janelas do chão ao tecto, rosetas, arcobotantes, contrafortes e pináculos.

A primeira fase compreende a construção de uma cabana de madeira e palha, com uma duração de 40 anos. A segunda, a construção de uma capela com instrumentos de tijolo e cal, com acabamento em cúpula. A terceira é o alargamento do edifício em direção a sudoeste, com a intervenção do arquiteto brasileiro Mariano Aulestia, edificação, que durou mais de um século, causando admiração por sua ousada construção.

A quarta é o projeto de uma praça e uma ponte de 2 arcos. A quinta, está relacionada com a construção do atual santuário. Em 1984, o santuário é declarado monumento parcela do património cultural do estado, mediante Resolução 007 do 28-12-1984 do Governo colombiano.

  • Aquisição de terrenos (módulos)
  • 140 Wikipédia sos o mais querido
  • A divisão Córdova (colombiana), à direita, em frente à Villalobos
  • senti curiosidade pelo título do romance, a que faz referência
  • 1935: 52.657[25][26][22] — 3,6% da população total
  • dois Reconstrução urbana

Em 2015, o jornal britânico The Daily Telegraph elegeu o Santuário de Las Lajas, de uma lista de 23 igrejas como a igreja mais elegante do mundo pela tua localização e arquitetura. A freguesia Das Lajes faz parcela da Diocese de Ipiales. Os serviços religiosos são feitos seguindo o rito romano. Ao longo dos anos existiram céticos e detratores, que, de alguma mandeira, negam a aparição miraculosa da imagem, porém nunca conseguiram provar com evidências razoáveis a origem natural da pintura. ↑ a b Colcultura. Catálogo Monumentos Nacionais da Colômbia. Século XX, o Santuário Nacional de las Lajas, Bogotá, Colcultura, Pág. ↑ Frei João de Santa Gertrudes.

Tomo III, capítulo 3. Publicação digital na página internet da Biblioteca Luis Ángel Arango do Banco de la República. Contém: “o que me passou na Taminango até que voltei a Pasto, a viagem da Virgem Das Lajes”.