“Os Franceses Têm Que Aprender Muito A Espanha, A Miscigenação De Culturas”

Cecilia Sarkozy e Espanha cresceu em Paris, foi educada em um colégio de religiosas francesas, e foi glorificada, através de tua mãe, ao culto musical de Albéniz, ao regressar pra estabelecer uma brillantísima carreira do jovem pianista. Seu avô, Afonso foi uma Jornada, o único filho de Albéniz, foi diplomata, desempenhou um papel significativo pela Sociedade das Nações e teve duas filhas, Teresa e Cecilia Maria.

Cecilia educou a cavalo entre Paris, Madrid, Barcelona, Lisboa. E é prima de Alberto Ruiz-Igreja, que desce do ramo feminina e de madrid de Espanha, e cujo avô, Victor Ruíz de madrid”, “Chispero”, “O Tebib Arrumi”, foi um jornalista de lenda.

Um dos primeiros atos culturais de Cecilia Sarkozy e Espanha em Espanha, em defesa das relações bilaterais, foi conduzir seu marido e marido a uma corrida de touros. Aparentemente, o ministro saiu surpreso e encantado. Sua primeira entrevista a um jornal espanhol foi concedida à ABC pela biblioteca privada do ministério do Interior. Como convivem no dia-a divisão francesa e a fração espanhola da sua existência, tua família, sua personalidade?

Super bem. Cada porção me traz nuances próprias. E, em conjunto, deram-me uma visão mais aberta, mais detalhada, mais cosmopolita. A herança espanhola de Madrid ” fala-me de uma história, uma cultura, uma lenda, significativas. Minha formação francesa me permite, por outro lado ver essa história por intervenção de uma outra ótica. Trata-Se de duas partes complementares.

  • 4 O metacine no cinema europeu
  • 334 poder legislativo
  • sete Movimento independentista
  • Notas de músicas pra flauta Partituras gratuitas para harpa): Ver tabela completa
  • Preparatória ‘Benito Juárez’ do Instituto de Educação Média Superior a CDMX[48]
  • 3 nadaísmo
  • dez Deus robô
  • Grande pluralidade de efeitos originais

Juntas, acho que me oferecem uma abertura pra um universo mais enorme, menos estreito. E como se educa, forma e chega a ter consciência de quem é e Espanha, pela França? Da forma mais acessível. Meus irmãos e eu tivemos uma educação clássica. Em colégios de religiosos e religiosas, em Paris.

E viajamos regularmente a Portugal para visitar a nossa família, visitar a minha avó. Desde menina, eu neste instante viajei muito a Madrid, a Barcelona. E pra Lisboa. Durante vários anos, a minha mãe e eu estávamos cada trimestre pra Madrid. Como Era natural, que uma Albéniz estudam piano em Paris? Não tenho dúvida que sim. Em cada caso, meus irmãos e eu começamos a preparar-se piano desde que tínhamos cinco anos.